Portugal Surf Guide

 "If there was a doubt about the quality of the Portuguese Waves, here you have a little help to go out and explore."

"Se ainda havia alguma dúvida de que Portugal tem imenso potencial e ondas para todos os gostos, aqui fica uma ajuda para ir descobrir."

_MG_5046.jpg

Francisco Cipriano and António Pedro de Sá Leal. A fate would have it that after several conversations and reflexions about the Portuguese surf panorama, the will to make something about it became more and more serious! Francisco, geographer, reads the territory and its potentialities like no one else. António was a pioneer in surf events and had the knowledge about the portuguese conditions for surfing. Knowing that more was to come, Francisco questioned: “What if we make a book?”.

Together they gave the best of themselves and Portugal Surf Guide was born.

//

Francisco Cipriano e António Pedro de Sá Leal. Quis o destino que se cruzassem e que mais tarde, após diversas conversas e reflexão sobre o Surf em Portugal, a vontade de fazer algo ficasse cada vez mais séria! Francisco, geógrafo, lê o território e as suas potencialidades como ninguém. António era conhecedor do meio e pioneiro na organização de eventos de surf em Portugal. Sabendo que se podia fazer mais do que falar sobre o assunto, Francisco questionou: “E se fizéssemos um livro?”.

Juntos deram o melhor de si e nasceu o Portugal Surf Guide!  

_MG_5063.jpg

Just write that “Portugal Surf Guide” is a guide of the Portuguese beaches seems not enough. But as matter, in fact, it is a guide that shows you the best beaches, wind conditions, tide conditions and so much more. You have information that for many people could be irrelevant, but it isn't. The availability of showers is one of the information that sounds like gold! (Try to do a Surf Trip without showers on the beach and then talk to me). But something that is in the details, and could be of extreme importance is the presence of commentaries by local people. People that know not only those beaches like no one else but the nearby places. And it is so much easy when you have a familiar face in a place where you know nothing! See who's writing in each chapter and ask for them. I'm sure that you'll find them and your experience will be much better. Besides, you could make some very nice friends.

//

Escrever que “Portugal Surf Guide” é um guia das praias de Portugal parece pouco, mas é de facto um guia das praias de Portugal que indica as melhores condições de mar, vento e maré para que possa tirar o melhor partido de cada uma delas. Depois tem também informação que, para muitos, pode parecer irrelevante mas não é. Como a presença de chuveiros por exemplo. (Experimentem fazer uma surf trip numa carrinha e depois digam se a informação relativa ao chuveiros não vale ouro!). Mas algo que está nos detalhes e que poderá vir a ser de extrema importância para alguns é a presença de comentários de pessoas que conhecem aquelas praias como ninguém. Não só as praias, mas muito provavelmente a terra também. E é tão mais fácil quando se tem uma referência num sítio que nos é completamente desconhecido. Vejam quem são as pessoas que “assinam” quando mencionam a praia para onde querem ir pela primeira vez e quando lá chegarem perguntem por elas . Para além de poderem fazer uma amizade, podem ver a vossa experiência a ser muito melhor do que alguma vez imaginaram.

Emphasis on the "Brief History of Surf in Portugal" that are always interesting to those of you that love to know how we came here, and that our History of surfing is really recent. It is good to know that the pioneers can observe all the evolution of surfing. I wish I could ask them what do they think about what they see. Regarding to the book itself, there are 192 pages that besides the introductory note by our Portuguese President, Sea Minister and Tiago Pires, it also features the "Reason Why" of the authors to join forces and launch the book. One thing is really solid between everybody that writes a word in this book: Portugal is good, we have great waves for all levels independently if you surf for performance, just cruising around, for fun, or for whatever you want. Portugal is a No Brainer. Things could get complicated when you need to choose because you have so many offers. And we are talking just about waves, ocean, nature. A Concern: the preservation of the environment and our beaches. Take that as a mission. Question: It is mentioned that the rising number of surfers gets places and communities to grow up and be prosper. Do you agree?

//

Destaque ainda para as “Breves notas sobre a História do Surf” que são sempre do mais interessante para quem gosta de perceber como aqui chegámos e como não passou assim tanto tempo. Dá que pensar que os pioneiros possam assistir a toda a evolução do mundo do Surf por ter passado tão pouco tempo e ter havido tamanho desenvolvimento. Fica no ar a pergunta: O que será que pensam sobre isso?

Em relação ao guia, mais concretamente, são 192 páginas que para além da nota introdutória do Presidente da República, da Ministra do Mar e de Tiago Pires, conta ainda com o “Reason Why” dos autores para terem avançado. Nesta etapa inicial há algo a destacar pela opinião unânime: a qualidade das nossas ondas, a qualidade da nossa costa e o potencial que o nosso país tem no que ao surf diz respeito. Quase que se pode dizer que chega a ser difícil por haver tanta escolha para todos os níveis. Por isso mesmo, uma consequente nota de atenção para a preservação ambiental e para evitar que todo este potencial seja descurado.

É referido que que o aumento de praticantes movimenta e dinamiza as zonas de surf e promove o desenvolvimento das comunidades. Concordam?

_MG_5077.jpg

About the "juice" of the book, the numbers don't get you wrong: 184 beaches divided by 10 regions of Portugal - Mainland, and Islands.

Let's talk about Photography: André Carvalho is the DP and signs the majority of the photographs, but another 33 photographers contributed to illustrate Portugal Surf Guide. Honestly, I couldn't find anything negative to talk about. Just a note in case you missed the map legend: Look for it right at the first page, behind the first info about "How to use this guide". Didn't see it and looked for it in the entire book. It was awesome when finally found it!

 With so many beaches and kinds of waves, the difficulty is going to be choosing one of them.

Good Luck and have a nice trip/adventure exploring our waves. Or as one of the authors says: Just enjoy!

//

Depois vem o esperado “sumo” e sobre isso os números não deixam dúvidas: 184 praias divididas por 10 regiões de Portugal Continental e Ilhas. No que diz respeito à fotografia, com Direção de André Carvalho que assina a maioria das fotos presentes, existem ainda 33 fotógrafos a contribuir para a ilustração do guia.

Honestamente não há um ponto negativo a melhorar. Entende-se a divisão e que esta possa ser a única hipótese para “fazer caber” o máximo de praias possíveis. Só uma nota de atenção para que não vos aconteça o mesmo. Se não conseguirem encontrar a legenda que vos explica cada símbolo, procurem logo na capa e terão acesso a toda esta informação.  

Com tantas praias, tipos de onda e níveis de surf, a dificuldade vai ser escolher.

Boa sorte e uma aventura cheia de coisas boas! Ou como diz um dos autores: Desfrutem!